Sala de Imprensa

3M é a principal apoiadora do inédito Consenso Brasileiro de Hipotermia do Brasil

Regulamento ajuda a garantir o sucesso das cirurgias para a comunidade anestesista

terça-feira, Dezembro 27, 2016 6:12 am CST

Dateline:

Sumaré (SP)

Dados mostram que o maior medo dos pacientes que passam por cirurgias não é apenas sentir dor pós-operatória, mas de igual tamanho há uma preocupação com aquela sensação de frio intenso e o tremor depois da cirurgia. Essa reação é chamada de hipotermia e é bastante comum por conta de alguns fatores como a queda da temperatura no ambiente cirúrgico, anestesias, cirurgias de médio e grande porte, utilização de fluidos intravenosos não aquecidos e a baixa temperatura da sala de cirurgia.

Dr. Enis Donizetti Silva, médico Anestesiologista da Sociedade Brasileira de Anestesiologia, explica que as complicações da hipotermia podem atingir os sistemas cardiovascular, de coagulação, imunológico e outros, o aumento da incidência de infecção no local cirúrgico.

Por conta disso, a Sociedade de Anestologia do Estado de São Paulo (SAESP), com o apoio da Sociedade Brasileira de Anestesiologia, elaborou o 1º Consenso Brasileiro de Hipotermia, a ser lançado no próximo dia 7 de dezembro em São Paulo (SP). A 3M do Brasil é a principal apoiadora do evento, inédito no País e mantém engajamento em relação ao assunto por meio do departamento de Prevenção a Infecção Hospitalar.

O evento de lançamento do consenso em SP terá três etapas, a primeira é uma aula sobre epidemiologia e fisiopatologia da hipotermia. Depois uma aula sobre como estruturar um programa de redução de hipotermia dentro do hospital, através de uma abordagem multidisciplinar. E por último mostrarão a aplicação do consenso, assim como os procedimentos padrões contemplados neste guia.

O objetivo do Consenso é estabelecer orientações para que as equipes anestésico cirúrgica e de enfermagem passem a se preocupar de maneira mais efetiva afim de evitar esta complicação.

Uma pesquisa feita pela Fundação para Segurança do Paciente (FSP) aponta que é consideravelmente relevante a falta de padrão em relação à prevenção da hipotermia nos centro-cirúrgicos brasileiros. Entre as questões que mais chamam atenção está o fato de que, dentre 249 profissionais entrevistados, metade inicia o uso de dispositivos de aquecimento antes da indução da anestesia; e a outra metade começa o procedimento após o paciente ser anestesiado. Tal divisão também ocorre em relação ao monitoramento da temperatura dos pacientes na sala de recuperação pós-anestésica. O levantamento também aponta que é grande a diferença de tempo que cada profissional recomenda para iniciar a utilização de dispositivos para a prevenção de hipotermia.

Data do lançamento:

Data: 07/12/2016

Horário: Das 19h30 às 22h30

Local: L’Hotel Porto Bay

Endereço: Alameda Campinas, 266 – São Paulo SP

Sobre a 3M

Na 3M, aplicamos a ciência de forma colaborativa para melhorar vidas diariamente. Com cerca de 90 mil funcionários conectados com clientes em todo o mundo e mais de 55 mil itens de produtos inovadores para diferentes mercados, a 3M atingiu US$ 30 bilhões em vendas globais em 2015. No Brasil, o Grupo 3M conta com cinco fábricas instaladas no Estado de São Paulo, que compõem a 3M do Brasil, além das empresas 3M Manaus, instalada no Amazonas; a Incavas, localizada no Rio Grande do Sul, e a Capital Safety, que opera no Paraná. Em 2015 alcançou faturamento bruto de R$ 3,5 bilhões no País, onde conta com cerca de 3.800 funcionários. Conheça nossas soluções criativas no site www.3M.com.br e cadastre-se para receber nossas notícias em http://news.3m.com/pt-br.

Related Materials

Siga-nos
As marcas listadas acima são marcas comerciais da 3M.
Business Wire NewsHQsm